9% dos consumidores devem fazer as compras de Natal na última hora

Número revelado em pesquisa divulgada pela CDL Petrópolis se aproxima dos 10% registrado em 2019

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrópolis acaba de divulgar um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo SPC Brasil em parceria com a Offer Wise Pesquisas apontando que cerca de 9,3 milhões de consumidores deixarão para fazer as compras de Natal na última hora. O dado corresponde a 9% dos consumidores que têm a intenção de fazer alguma compra na semana que antecede o Natal, número próximo aos 10% registrado no ano passado.

O presidente da CDL Petrópolis, Luiz Felipe Caetano da Silva e Souza, aponta que isso já é quase uma tradição nas compras de natal e lembra que a entidade realiza uma campanha para valorizar o comércio da cidade.

– No Brasil é natural que as pessoas deixem as compras de natal para a última hora, por vários fatores, como aponta a própria pesquisa. Nós da CDL Petrópolis esperamos que os consumidores prestigiem o comércio local nesse ano tão difícil para todos nós. Por isso a CDL em parceria com a Sicoob Credirochas lançou a campanha publicitária “Neste Natal seja presente”, para que os petropolitanos presenteiem no Natal e se façam presentes ajudando a economia da cidade comprando aqui, com todos os cuidados de higiene e segurança e evitando aglomerações – salienta Luiz Felipe.

De acordo com a pesquisa, a expectativa por promoções (61%), que ajudam a economizar no orçamento, é a principal justificativa dos entrevistados para postergar as compras. Outros 15% destacaram a falta de tempo, enquanto 15% estão à espera do pagamento da segunda parcela do 13º salário. Há ainda 10% de entrevistados que culpam a preguiça de fazer compras, empurrando a tarefa para o limite da data comemorativa.

A pesquisa ainda mostra que a maior parte dos consumidores (40%) pretendia realizar as compras de Natal na primeira quinzena de dezembro, enquanto 33% esperava se organizar e garantir os presentes ao longo do mês de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *