Crescimento das vendas do comércio em maio é positiva, mas requer cautela aponta CDL Petrópolis

Entidade alerta que os números divulgados apontam retomada, mas a comparação com 2019 mostra que a recuperação total ainda vai demorar

O IBGE divulgou na última quarta-feira, 08 de julho, que as vendas do comércio varejista cresceram 13,9% em maio, na comparação com o mês anterior. Porém, o mesmo levantamento aponta uma queda de 7,2% quando se comparam as vendas de maio de 2020 com o mesmo mês do ano anterior. Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrópolis, Luiz Felipe Caetano da Silva e Souza, apesar da boa notícia é preciso ter clareza que para o setor ainda há um longo caminho a percorrer, quando se trata de recuperação do nível dos negócios.

         – Eu penso que uma comparação com o mês de abril, quando o setor experimentou o fundo do poço pode causar um excesso de otimismo perigoso. Crescer 13% na comparação com abril é uma boa notícia, sem dúvida, mas quando se compara com maio de 2019 o que se vê é uma queda de 7,2%. Então, ainda temos um caminho difícil a percorrer para nos recuperarmos. Para isso é importante que as empresas cumpram os protocolos de higiene para continuarem abertas, preservando vidas, e que os consumidores recuperem a confiança e prestigiem o comércio da nossa cidade – afirma Luiz Felipe

         A pesquisa do IBGE aponta que apesar do aumento das vendas em maio, o setor não conseguiu se recuperar da forte queda de 19,1% registrada em março (-2,8%) e abril (-16,3%) e no acumulado dos últimos 12 meses a queda no desempenho do varejo foi de 3,9%.

         A CDL Petrópolis lembra ainda que para a recuperação do setor é fundamental a volta dos empregos e a queda constante das infecções e mortes pela Covid-19 para que as lojas possam continuar abertas, além da chegada dos empréstimos a juros baixos aos micro e pequenos empresários, que representam a maior parcela dos empreendedores do varejo petropolitano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *