Pesquisa aponta intenção de compras na Black Friday e CDL Petrópolis lembra importância de valorizar o comércio local

Levantamento realizado pela CNDL e Offer Wise revela intenção de compras de mais de 60% dos entrevistados, número superior a 2019.

Um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em parceria com a Offer Wise Soluções em Pesquisa, revela que 61% dos entrevistados pretendem aproveitar as promoções da Black Friday, em 2020, número 24% superior em relação ao ano passado.

         O presidente da CDL Petrópolis, Luiz Felipe Caetano da Silva e Souza, vê com otimismo esse número no cenário de crise por conta da Pandemia da Covid 19 e lembra a importância de valorizar o comércio local.

         – A Black Friday se apresenta como uma grande oportunidade de negócios para o comércio. Essa data já vem se consolidando como uma das mais importantes do calendário no país e até as empresas de micro e pequeno porte vêm aderindo às promoções nessa época do ano. Por isso, nós da CDL Petrópolis, gostaríamos de lembrar a importância de o consumidor buscar no comércio local as oportunidades de compra e aproveitar as promoções nas empresas da cidade que ainda enfrentam as dificuldades da crise gerada pela pandemia e podem, nessa Black Friday, tentar recuperar algumas perdas – lembra Luiz Felipe.

Considerando apenas os consumidores que farão compras na Black Friday, 63% justificam dizendo que este é um momento oportuno para comprar produtos que estão precisando com preços mais baixos, ao mesmo tempo, 37% afirmam que irão aproveitar para antecipar as compras dos presentes de Natal em promoção. Por outro lado, entre os que não farão compras, 24% alegam estar sem dinheiro, enquanto 20% estão desempregados.

A expectativa de aumento das vendas também aparece na pesquisa. Um terço daqueles que estão dispostos a comprar na Black Friday afirmam que pretendem adquirir mais produtos que em 2019 (34%), ao passo em que 29% querem comprar um número menor de itens e 23% a mesma quantidade.

Mesmo assim, a pesquisa mostra que o consumidor está cauteloso, uma vez que 36% pretendem gastar menos este ano, enquanto 29% irão desembolsar o mesmo valor e 27% planejam gastar mais.

A pesquisa mostra que os consumidores têm a intenção de adquirir 3,3 produtos. Cada consumidor deve gastar, em média, R$ 918,23 com as compras durante a promoção, valor que aumenta para R$ 1.168,91 entre as classes A/B. Os produtos mais procurados serão as roupas (42%), os calçados (31%), os smartphones (22%), os eletrodomésticos (22%) e eletrônicos (20%).

Considerando a principal forma de pagamento a ser utilizada, 82% dos entrevistados pagarão as compras da Black Friday à vista, principalmente em dinheiro (45%) e no cartão de débito (34%). Por outro lado, 47% devem parcelar suas compras, principalmente no cartão de crédito (41%). A média é de praticamente seis prestações (5,7), o que significa que essas pessoas estarão pagando as compras da Black Friday até maio de 2021.

A pesquisa foi realizada pela internet, entre 19 e 26 de outubro de 2020, com 982 consumidores de todas as 27 capitais brasileiras, homens e mulheres com idade igual ou maior a 18 anos de todas as classes sociais (excluindo analfabetos). A margem de erro está entre 3,1 e 3,9 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *